No dicionário podemos extrair que assédio significa insistência inconveniente, persistente e duradoura em relação a alguém, perseguindo, abordando ou cercando essa pessoa.”

Neste caso, o assédio moral no ambiente de trabalho se dá a partir da exposição de maneira inadequada ao que a relação impõe.

O assédio se trata de toda a importunação que ocorre de maneira exacerbada e constante, colocando o sujeito em situação que viola seu bem estar, coagindo-o ou desprezando-o tanto com relação a sua pessoa, quanto ao trabalho que realiza na empresa.

Ainda, o assédio moral pode ocorrer de diferentes formas, podendo ser elas: palavras, atitudes, condutas etc.

O assédio moral no ambiente de trabalho é caracterizado como uma grande transgressão ao direito de cada ser humano, uma vez que viola a honra, integridade física e emocional do indivíduo. Podendo, inclusive expor o trabalhador de tal forma que ocasione graves problemas de relacionamento em sociedade, por exemplo.

É imprescindível entender que o assédio pode causar ao trabalhador a falta de vontade de ir trabalhar, perda do sono, dificuldade de convivência no trabalho, na família e na sociedade em geral e a depressão, sendo esta a mais violenta.

Ademais, é importante salientar que em sua grande maioria, o assédio no ambiente de trabalho advém do superior hierárquico,  aquele que dispõe de poder sobre o trabalhador. Neste caso, o chefe utiliza da sua condição dentro da empresa para abusar do seu subordinado, exigindo-lhe mais do que caberia a sua atribuição, pressionando-o quanto a prazos e serviços a serem realizados de maneira constrangedora na frente de outros colegas.

Como o trabalhador pode se defender do assédio moral no ambiente de trabalho?

Para se proteger do assédio moral sofrido no ambiente de trabalho o trabalhador deve procurar registrar todos os detalhes do assédio sofrido e se possível arrolar testemunhas dos acontecimentos, e ainda buscar estar sempre em contato com outros colegas e nunca sozinho com o agressor.

O trabalhador deve no primeiro momento procurar o departamento de pessoal da empresa e relatar tudo que está acontecendo. Em seguida, buscar ajuda junto ao sindicato de sua categoria, bem como ao Ministério Público e à Justiça do Trabalho para que sejam tomadas todas as medidas cabíveis.

Ainda, é possível que o trabalhador postule na justiça o recebimento de danos morais provenientes do assédio moral sofrido, por isso é essencial que se tenha provas sobre a violência sofrida e elementos que definam o agressor.

O importante é o trabalhador não ter vergonha da situação em que se encontra e não se culpar.